Leitura deve ser estimulada durante as férias


Por: UraOnline

Esta postagem foi publicada em 17 de January de 2017 e está arquivada em Especial.


slide-leitura

Sabe aquele livro que está na prateleira esperando um tempo livre para ser descoberto? “O período de férias pode ser um excelente momento para relaxar e descobrir coisas novas por meio da leitura”. É o que garante a editora de Literatura da Editora Positivo, Cristiane Mateus. Segundo ela, uma escolha mais livre de um livro, sem qualquer compromisso com resultados, pode ser um grande estímulo para desenvolver o hábito de leitura em crianças e adolescentes. E as férias são um bom pretexto pra isso. “Se os pais lerem o mesmo livro, essa experiência pode ser intensificada com conversas despretensiosas sobre a obra, aproximando ainda mais pais e filhos e promovendo boas horas em família”, explica.

 

Mestre em Literatura, Cristiane alerta que escolher bons livros é fundamental, pois a escolha certa possibilita a formação do hábito de leitura – um caminho que também desenvolve a imaginação, as emoções e sentimentos de forma prazerosa e significativa. “Isso significa que além de ampliar os horizontes e o repertório do leitor, os livros são uma grande fonte de prazer, trazendo resultados e experiências surpreendentes para as crianças”, ressalta. Para fazer a escolha certa, Cristiane explica que é preciso relacionar a idade cronológica do leitor com sua maturidade e afinidades. Caso a criança não seja alfabetizada, também vale pensar num mediador.

 

E para aqueles que ainda têm dúvidas sobre aproximar ou não as crianças dos livros nas férias, Cristiane cita algumas boas argumentações para fazê-lo: “a leitura ajuda a não perder o ritmo da aprendizagem; a leitura é uma boa opção para os dias chuvosos; a leitura pode desencadear boas conversas e novas brincadeiras em família; quem lê viaja sem sair de casa; quem lê acaba por descobrir as bibliotecas – físicas ou virtuais – que são excelentes programas culturais”.

 

Confira cinco sugestões de livros, selecionadas por Cristiane, para as férias:

 

1 – Mar – Marianne Dubuc cria, neste livro sem palavras, uma história empolgante em que um gato persegue por dezenas de páginas um peixe vermelho. As crianças vão adorar as ilustrações e também aprender sobre presa e predador e a luta pela vida e pela liberdade. Várias histórias e brincadeiras podem surgir de uma única página, dependendo apenas da imaginação de quem abrir o livro. Editora Positivo, a partir dos 6 anos – R$ 55,40.

 

2 – Haicais Visuais – Inspirado em haicais, mas só que sem palavras, apenas desenhos que formam histórias curtas e deliciosas. Usa personagens reais ou fictícios tão diversos como o pintor René Magritte e o King Kong. Este finalista do Prêmio Jabuti de 2016, de Nelson Cruz, é um livro surpreendente que introduz as crianças no mundo das artes. Editora Positivo, a partir de 9 anos – R$ 39,80.

 

3– Frankenstein – Denis Deprez assina essa adaptação do clássico para história em quadrinhos, com tradução de Alexandre Koji. Escrito originalmente por Mary Shelley quando tinha apenas 19 anos. Foi um dos precursores da ficção científica e também do movimento Romântico. Preconceito, convivência com o outro e os limites da ciência são alguns dos temas de reflexão nesta obra clássica e sempre atual. Editora Positivo, a partir de 12 anos – R$ 54,90.

 

4 – Apenas Tiago – Este premiado livro de Caio Riter, com ilustrações de Pedro Franz, conta a história de um garoto abandonado pelo pai e que acaba se envolvendo com o mundo do crime. Tiago reflete sobre sua vida e nos faz pensar em como nos comportamos em situações adversas. Discute a relação familiar e a privação de liberdade. Editora Positivo, a partir de 13 anos – R$ 44,30.

 

5 – Era uma vez… – As histórias clássicas, como Chapeuzinho Vermelho, Alice no País das Maravilhas, Pinóquio, Peter Pan e outras são recriadas pelo ilustrador Benjamin Lacombe neste livro em páginas pop-up que, ao se abrirem, formam desenhos em três dimensões. Também é uma boa opção para os adultos contarem as histórias para as crianças enquanto manuseiam o livro. Editora Positivo, para todas as idades – R$ 54,90.

 

 

 

Sobre a Editora Positivo: fundada há 37 anos, a Editora Positivo tem a missão de construir um mundo melhor por meio da educação. Tendo as boas práticas de ensino como seu DNA, a Editora especializou-se ao longo dos anos e tornou-se referência no segmento educacional, desenvolvendo livros didáticos, literatura infantil e juvenil, sistemas de ensino e dicionários. A Editora Positivo está presente em milhares de escolas públicas e particulares com os seus sistemas de ensino. Amplamente recomendados pela área pedagógica e reconhecidos pelos seus resultados, os sistemas foram criados de modo a atender a realidade de cada unidade escolar. Para a rede pública a editora disponibiliza o Sistema de Ensino Aprende Brasil. Já as escolas particulares contam com o Sistema Positivo de Ensino e com o Conquista. Cerca de 2 milhões de alunos utilizam os sistemas de ensino da Editora Positivo, em escolas públicas e particulares, no Brasil e no Japão.



Você pode gostar também de: